quinta-feira, 18 de setembro de 2008

O meu primeiro modelo



Aprendi a voar com este modelo. Chamava-se VITO, comprei 6 e parti 8!


Foi difícil aprender a voar, mas o que interessa é que voei todos os dias até conseguir. Os dedos até queimavam com a cola quente...

Lembro-me que o 280 puxava mal o pack de 7 Nimh com a gunter.

2 comentários:

António disse...

João, o VITO ficará para sempre na nossa memória aeromodelista - muitos aqueles que partimos no início, e que comprámos. Sem dúvida o melhor, e mais feioso, modelo de iniciação. Ah!!! que saudades do meu "Turbo-Vito". Tenho obrigatoriamente que prestar a minha sincera homenagem ao Cavadas pelo extraordinário modelo que projectou. Guardo um na caixa, parcialmente, intacto para futura história do aeromodelimo português. A evolução tende por vezes a esquecer a simplicidade. Grato pela tua grandeza de espírito que, com a tua companhia, arranca da memória as melhores experiências de aeromodelismo. O teu Amigo e colega Jorge Almeida.

Gatomalhado disse...

Pois é Jorge. Foram tempos inesquecíveis. É impossível também por isso esquecer o Cavadas. Faz-me falta ir "ver as novidades" à loja dele. Já passou, e foi muito bom. Já não há modelos como o VITO.